Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

Dezenas de inundações e quedas de árvores em Évora, Setúbal e Beja

04.11.12 | barak

O mau tempo registado, durante a madrugada e manhã deste domingo, nos distritos de Évora, Setúbal e Beja, provocou dezenas de inundações, em habitações e vias públicas, sobretudo nas cidades de Évora e Almada.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora indicou à agência Lusa que neste distrito registaram-se cerca de 70 inundações, em habitações e vias públicas, a maioria na cidade de Évora, quatro em Borba, e uma em Vila Viçosa.

Também em Évora registaram-se duas quedas de muros.

Segundo fonte do CDOS de Setúbal, neste distrito ocorreram 25 inundações, também em habitações e vias pública, com maior incidência nos concelhos de Almada, Barreiro e Seixal, e quatro quedas de árvores no concelho de Santiago do Cacém.

De acordo com fonte do CDOS de Beja, no distrito registaram-se durante a manhã apenas duas inundação em Alvito, em vias públicas, e 15 quedas de árvores, uma das quais em Ourique, que caiu em cima de um automóvel, sem causar danos pessoais.

Segundo o CDOS de Portalegre, neste distrito não ocorreu qualquer ocorrência provocada pelo mau tempo.

De acordo com as fontes dos CDOS de Évora, Setúbal e Beja, as inundações e quedas de árvore registadas até cerca das 12.00 horas, causaram apenas pequenos prejuízos materiais.