Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

PS vai debater a Europa na Universidade de Verão em Évora

18.08.12 | barak

O PS volta este ano a organizar uma universidade de verão para marcar a 'rentrée' política, em Évora, centrada na crise e na construção europeias, e que o secretário-geral socialista, António José Seguro, encerrará a 02 de setembro.

A universidade de verão do PS, de 30 de agosto a 02 de setembro, é uma organização conjunta do partido e do Grupo Socialista Democrático do Parlamento Europeu, pelo que os temas escolhidos para serem analisados nestes dias em Évora são os mesmos "a abordar no congresso do Partido Socialista Europeu em Bucareste, em outubro" explicou à Lusa Álvaro Beleza, do Secretariado Nacional do PS.

Assim, os debates terão como temas a "Economia Justa", as "Sociedades Coesas", a "Europa das Pessoas" e a "Democracia Ativa", estando entre os conferencistas personalidades ligadas ao PS e independentes. Haverá ainda, todos os dias, um "jantar-debate", com um convidado a quem caberá fazer uma intervenção.

A abertura da universidade de verão, no primeiro jantar-debate, estará a cargo de Viriato Soromenho Marques, professor na Faculdade de Letras de Lisboa, que "irá falar sobre a Europa, a encruzilhada que a Europa tem neste momento", segundo Álvaro Beleza.

Na sexta-feira, a convidada para o jantar é a professora Carmo Fonseca, diretora do Instituto de Medicina Molecular, "uma ilustre investigadora que falará sobre conhecimento, investigação" e "esta nova geração que é a melhor dos últimos anos, a melhor que Portugal alguma vez teve" e a sua importância "para o futuro do país", ainda segundo o coordenador da universidade de verão do PS.

No sábado, a intervenção no último jantar caberá ao professor do Instituto Superior Técnico António Costa e Silva, que "falará sobre economia verde, crescimento sustentável e uma marca importante do PS, as energias alternativas".

Entre os conferencistas dos debates estarão nomes como o professor universitário Sandro Mendonça, os eurodeputados do PS Elisa Ferreira, Correia de Campos, Vital Moreira e Ana Gomes, o secretário-geral da UGT, João Proença, a ex-ministra Maria João Rodrigues e o politólogo e professor universitário Adelino Maltez.

O encerramento da universidade de verão socialista será no domingo, 02 de agosto, ao meio-dia, com uma intervenção do secretário-geral do PS, António José Seguro.

Álvaro Beleza destacou, em declarações à Lusa, que "todas as questões que têm a ver com a crise portuguesa têm a ver com a crise europeia. A Europa está numa encruzilhada, ou avança ou morre".

"E Portugal, ao contrário da ideia um bocadinho feita, não é um país periférico, é central, cosmopolita, e o PS também tem essa tradição, um pensamento europeu estruturado que defende a União Europeia, a unidade política europeia. E portanto vamos aprofundar estas questões para levar depois ao congresso do Partido Socialista Europeu em Bucareste um conjunto de ideias dos socialistas portugueses no sentido de aprofundar a união política europeia e de a aproximar dos cidadãos", acrescentou.

A universidade de verão do PS realiza-se na mesma cidade da última edição, em 2003, e coincide com a 'rentrée' de outros dois partidos: o Fórum do Bloco de Esquerda, em Santa Maria da Feira, e a universidade de verão do PSD, em Castelo de Vide.

Álvaro Beleza disse tratar-se de "meras coincidências".

A última universidade de verão socialista foi em 2003 e a organização coube ao agora líder do partido, Seguro, num momento em que Ferro Rodrigues era o secretário-geral.

Diário Digital com Lusa