Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

Governo português estuda possibilidade de TGV apenas com uma linha

20.09.11 | barak

Lisboa - O governo português está a estudar a possibilidade de construir a ferrovia de TGV (trem de grande velocidade) apenas com uma uma linha de circulação.

Segundo noticia nesta segunda-feira (19) o jornal Público, o objectivo será evitar a perda do financiamento europeu e não pagar as indemnizações dos contratos já estabelecidos com empreiteiras em caso de suspensão do projecto.

O governo poderá vir a executar a linha do TGV entre Caia e o Poceirão, mas apenas com uma via. O plano prevê, no entanto, que um troço de 44 quilómetros entre Évora e Vendas Novas teria duas linhas. Se este estudo vier a ser concretizado, haverá poupança entre 300 a 400 milhões de euros, de acordo com o jornal.

Este plano contempla também uma linha de mercadorias, entre Évora e Caia. Já a estação de Évora, em vez de um edifício projectado pelo arquitecto Souto de Moura, que custaria 100 milhões de euros, teria uma gare apenas para permitir a entrada e saída de passageiros.

Segundo o Público, este projecto não reduziria muito os custos, pois as expropriações, terraplanagens, pontes e viadutos continuarão a ter de ser feitos como se estivesse a ser construída uma via dupla.

Oficialmente, o governo diz que o projecto do TGV está em fase de reavaliação, estando em curso reuniões e negociação, sem adiantar mais pormenores.