Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

Alentejo perde 25.000 habitantes. Concelho de Évora com menos 1500 pessoas!

10.06.11 | barak

Segundo os números avançados há dias pelo Instituto Nacional de Estatística, entre 2001 e 2010 saíram da Região Alentejo cerca de 25.000 pessoas!

A desertificação humana, que no final dos anos 90 parecia atenuada, voltou em força nesta primeira década do Séc. XXI.

 

A região tem agora 499.038 habitantes, e dos 47 concelhos alentejanos, apenas 8 tiveram crescimento populacional, ainda que bastante tímido...

Vamos então analisar estes números:

 

São 4 as sub-regiões, e todas tiveram crescimento negativo entre 2001 e 2010

 

-Alto Alentejo= - 9.876 habitantes (113.984 em 2010)

-Baixo Alentejo= - 8.204 habitantes (123.705 em 2010)

-Alentejo Litoral= -3.678 habitantes (94.249 em 2010)

-Alentejo Central= -3.227 habitantes (160.100 em 2010)

 

Os 8 concelhos que cresceram são os seguintes:

 

-Vendas Novas (Alentejo Central): +862

-Reguengos de Monsaraz (Alentejo Central): +434

-Sines (Alentejo Litoral): +327

-Castro Verde (Baixo Alentejo): +241

-Mourão (Alentejo Central): +222

-Viana do Alentejo (Alentejo Central): +184

-Portel (Alentejo Central): +104

-Alvito (Baixo Alentejo): +76

 

Os concelhos que perderam mais população(acima de 1000 pessoas) foram:

 

Portalegre (Alto Alentejo): -2237

Évora (Alentejo Central): -1458

Mértola (Baixo Alentejo): -1403

Santiago do Cacém (Alentejo Litoral): -1339

Serpa (Baixo Alentejo): -1286

Alcácer do Sal (Alentejo Litoral): -1196

Estremoz (Alentejo Central): -1173

Beja (Baixo Alentejo): -1089

Nisa (Alto Alentejo): -1058

Aljustrel (Baixo Alentejo): -1030

 

Até quando vão os nossos governantes permitir esta sangria humana do Alentejo?

É caso para dizer: O último a saír que feche a porta!

 

 

Fonte: Instituto Nacional de Estatística