Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

Évora: Fábrica da Embraer deverá começar a exportar no segundo semestre do próximo ano

09.02.11 | barak

O presidente da Embraer Europa, Luiz Fuchs, estima que as fábricas da empresa em Évora vão começar a exportar no segundo semestre de 2012.
O responsável da empresa de aeronáutica brasileira falava ontem à Lusa à margem de um painel do Congresso das Exportações, que decorreu em Santa Maria da Feira, e no qual explicou que essas unidades serão 100 por cento dedicadas à exportação.
"Está tudo dentro do planeado. No segundo semestre de 2012 devemos começar a produção parcial e a produção total no segundo semestre de 2013. Assim, podemos dizer que as primeiras exportações ocorrerão no segundo semestre de 2012", disse Luiz Fuchs.
O presidente da Embraer Europa disse ainda que a empresa não escolheu vir para Portugal por causa da língua ou de eventuais benefícios, mas sim porque encontrou aqui competência e parceiros para gerar retorno.
"A Embraer veio para Portugal porque encontrou uma série de fatores - aliás, Portugal disputou com outros países da Europa e da América Central, como o México e chegou-se a uma conclusão de trabalho que aqui encontraríamos os elementos que a gente precisa", disse Luiz Fuchs.
"Encontrámos a competência necessária aqui e empresas que estão disposta a trabalhar connosco para que o cluster aeronáutico venha a ser uma realidade aqui", concluiu.
Com um investimento inicial de 148 milhões de euros, o projeto prevê criar 600 postos de trabalho diretos e 1.200 indiretos.
O projeto da Embraer em Évora, anunciado em 2008, prevê a instalação de duas fábricas no parque industrial aeronáutico da cidade, uma delas de estruturas metálicas (asas) e outra para produzir materiais compósitos (caudas), sendo que as unidades serão dedicadas inicialmente ao suporte logístico de jatos executivos.