Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

Greve geral teve adesão reduzida no setor privado em Évora

24.11.10 | barak

Autarquias e escolas fechadas e outros serviços públicos, como finanças e tribunais, a funcionar a «meio gás» são hoje os efeitos mais visíveis, no distrito de Évora, da greve geral, que regista uma pequena adesão no setor privado.

 

Enquanto os sindicatos da administração pública se congratulam com a adesão à paralisação nos serviços, os empresários alegam que, no privado, a «adesão é pequenina».

 

 

«O setor privado conta com muitas empresas familiares e outras com poucos empregados. Por isso, a adesão é pequenina», disse à Agência Lusa o presidente do Núcleo Empresarial da Região de Évora, Rui Espada.

 

Diário Digital / Lusa