Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

BE questiona uso de cães saudáveis como cobaias

22.11.10 | barak

O Bloco de Esquerda questionou esta segunda-feira os ministérios do Ensino Superior e da Agricultura sobre a alegada utilização de cães saudáveis como cobaias no curso de Medicina Veterinária da Universidade de Évora.

Num requerimento entregue no Parlamento, a deputada do BE Rita Calvário questiona os dois ministérios sobre a situação, que medidas urgentes tencionam tomar e como vão agir para evitar casos semelhantes, que, considera, são uma «ilegalidade».

O requerimento vem em seguimento de um artigo publicado na semana passada pelo Jornal de Notícias, no qual se denuncia o uso de cães do canil municipal de Évora como cobaias dos alunos do curso de Medicina Veterinária da universidade locais.

De acordo com o jornal, que citou denúncias de antigos alunos daquele curso, há vários anos que animais saudáveis, cedidos pelo canil, eram submetidos a esterilizações, castrações, simulações e anestesias, sendo depois abatidos.

«A própria Ordem dos Médicos Veterinários refere que não deveriam ser usados animais vivos para este tipo de intervenções, além de estar a ser cometida uma ilegalidade, porque estes animais são cedidos pelo canil municipal o que não está previsto na legislação», disse Rita Calvário, em declarações à agência Lusa.

A deputada do BE exigiu «uma intervenção rápida por parte da Direcção-Geral de Veterinária (DGV) para repor a legalidade» no canil municipal, argumentando que a «legislação é muito clara em termos de protecção da saúde e do bem-estar do animal e ela deve ser integralmente cumprida».

Na semana passada, o diretor do Hospital Veterinário da Universidade de Évora, José Tirapicos Nunes, explicou que os cães vivos utilizados em aulas de anatomia são apenas aqueles que já estavam destinados ao abate no canil da cidade.