Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

olharevora

Um olhar crítico/construtivo sobre a cidade de Évora

PCP reclama construção do novo hospital central de Évora

16.11.10 | barak

O PCP renovou a exigência de construção do novo hospital central de Évora, com a adjudicação da empreitada em meados de 2011, acusando o Governo socialista e o PSD de quererem "pôr em causa" o projeto.

"O PS e o seu Governo têm procurado compremeter o funcionamento do atual Hospital de Évora, através de uma política de estrangulamento financeiro, e parecem praparar-se para adiar a construção do novo hospital, responsabilizando já o PSD pelo atraso", afirmou o deputado comunista João Oliveira.

O parlamentar do PCP, eleito pelo círculo de Évora, falava numa conferência de imprensa sobre o Orçamento do Estado (OE) para 2011, as suas implicações para o distrito e as propostas comunistas.

João Oliveira assegurou que o PCP vai continuar a "bater-se" para que o arranque da construção do hospital seja uma realidade, "garantindo que já em junho/julho de 2011 avance a adjudicação da empreitada de construção".

Num investimento na ordem dos 94 milhões de euros, a nova unidade prevê uma capacidade de 351 camas, extensível a 440, em quartos maioritariamente individuais, sendo que a área bruta do edifício deverá ultrapassar os 78 mil metros quadrados, envolvidos por mais de 170 mil metros quadrados de espaços verdes e 1605 lugares de estacionamento.

A área de influência de primeira linha do novo hospital abrange 150 mil pessoas, dos 14 concelhos do distrito de Évora, enquanto, numa segunda linha, serão servidas 440 mil pessoas dos restantes 33 concelhos do Alentejo (Portalegre, Beja e Alentejo Litoral).