Quarta-feira, 18 de Julho de 2012

Reestruturação da oferta hospitalar avança

"O Governo terá de ter, até ao final do ano, um plano específico sobre a reorganização da oferta hospitalar e nessa reorganização está a da urgência hospitalar, mas também os serviços de atendimento permanente", adiantou o governante.

De acordo com Manuel Teixeira, "o memorando da 'troika' exige que, no final do quarto trimestre, tem de haver um plano aprovado" sobre a reestruturação da oferta hospitalar.

A Comissão de Reavaliação da Rede Nacional de Emergência e Urgência prevê o encerramento de 16 serviços de urgência classificados enquanto tal num despacho de 2008.

A lista inclui serviços de urgência em Valongo, Oliveira de Azeméis, Idanha-a-Nova, Tomar, Montemor-o-Novo, Estremoz, Serpa, Lagos, Loulé, Macedo de Cavaleiros, Fafe, Santo Tirso, Peniche, Agualva-Cacém, Montijo e Lisboa (Hospital Curry Cabral, cujo encerramento já se efectivou).

Escusando-se a comentar eventuais encerramentos de urgências, Manuel Teixeira sublinhou que o que existe, "até agora, são estudos técnicos que ajudam à decisão" do Governo.

"Aquele grupo de peritos, de acordo com a análise que fez, dá um conselho e o Governo, perante as várias opiniões técnicas que têm sido elaboradas, tem de decidir", realçou.

Relativamente aos critérios utilizados, Manuel Teixeira não se alongou, referindo apenas que "a metodologia utilizada foi desde as distâncias à rede de referenciação".

Na proposta entregue ao ministro Paulo Macedo, que foi finalizada em Fevereiro mas só agora divulgada, sugere-se também a redução de valências de algumas urgências.

Assim, pelas contas desta comissão ficam a funcionar como urgência 73 pontos no país: 10 urgências polivalentes (as mais completas), 29 de urgência médico-cirúrgica e 34 de urgência básica.

O secretário de Estado da Saúde divulgou estas informações, aquando da sua visita ao Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), depois de assistir a uma consulta por telemedicina e de proceder ao lançamento do acesso das instituições de saúde do Alentejo à Plataforma de Dados de Saúde.

publicado por barak às 15:51
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Se eu fosse presidente da...

. Évora: Pais e alunos cont...

. Paulo Macedo garante anal...

. Polémica: Autarca de Évo...

. M'ar de arAqueduto. Uma e...

. Requalificação do IP8 e I...

. Évora renegociou contrato...

. Alentejo tem novo canal d...

. Évora: Embraer amplia áre...

. FAM - PCP culpa PS por mu...

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Janeiro 2014

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds