Terça-feira, 31 de Maio de 2011

Continente de Évora-Expansão

 

 

Contactei a SONAE acerca da expansão do C.C.Continente de Évora e recebi a seguinte resposta:

 

Reiteramos o nosso agradecimento no envio do seu e-mail relativo à expansão da loja Continente de Évora, que mereceu a nossa melhor atenção.

 

Os nossos Clientes são de primordial importância na nossa Organização, pelo que valorizamos as observações que nos fazem chegar, de forma a podermos melhorar o serviço prestado.

 

No seguimento da situação apresentada, permita-nos informar que temos consciência das necessidades da população de Évora e é nesse sentido que informamos que o projecto de expansão do Continente de Évora já está a decorrer e com data prevista de abertura para o próximo ano.

 

Certos de continuar a merecer a preferência de V. Exa., colocamo-nos à disposição para prestar qualquer esclarecimento adicional e apresentamos os nossos respeitosos cumprimentos,

 

 

 

 

Miguel Osório

Administrador de Marketing

publicado por barak às 15:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 30 de Maio de 2011

Évora: Banco Alimentar recolheu 46 toneladas de alimentos

O Banco Alimentar Contra a Fome de Évora recolheu este fim-de-semana 46 toneladas de alimentos.

Estamos muito satisfeitos com os resultados, porque comparativamente com maio do ano passado, tivemos mais 10 por cento”, disse à DianaFm Francisca Sousa, do Banco Alimentar Contra a Fome de Évora.
A mesma responsável adiantou que os alimentos recolhidos vão ser distribuídos por 63 instituições de solidariedade social do distrito.
"Estas 46 toneladas de alimentos destinam-se exclusivamente às instituições do distrito de évora que apoiam 7200 pessoas", disse.
A acção solidária do Banco Alimentar Contra a Fome de Évora desenvolveu-se nas Alcáçovas, em Arraiolos, Borba, Estremoz, Évora, Montemor-o-Novo, Mora, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa.
publicado por barak às 19:42
link do post | comentar | favorito

"The Conservation Biology Conference 2011" (Évora)

O Curso de Mestrado em Biologia da Conservação e a Cátedra de Biodiversidade “Rui Nabeiro”, com o apoio do Departamento de Biologia, o Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas (ICAAM) e o Instituto de Investigação e Formação Avançada (IIFA) da Universidade de Évora, vão realizar a quarta edição da "The Conservation Biology Conference 2011" (CBC11). O evento, a 13 de Junho, conta ainda com o apoio da Delegação Regional do Alentejo da Ordem dos Biólogos.

"O principal objectivo é o de promover a área da Biologia da Conservação. Trata-se de uma área científica holística e que visa a preservação da biodiversidade, cuja perda à escala global é reconhecidamente um dos problemas ambientais mais graves na actualidade", explicam os organizadores.

"Os organizadores da CBC pretendem trazer a anualmente a Évora investigadores de topo que desenvolvam a sua actividade científica em temas relacionados com a preservação da diversidade biológica, vida selvagem e história natural do planeta. Procuram também que os investigadores convidados sejam personalidades que ao longo das suas vidas tenham procurado divulgar a cultura científica a um público mais vasto".

"Nesta quarta edição da CBC, focamos a nossa atenção na dinâmica das transformações da paisagem – problemas e oportunidades. Contaremos com a presença do Doutor Henrique Miguel Pereira (FCUL), que irá proferir a palestra ”Farmland abandonment in Europe: an opportunity for biodiversity”. O painel encerra com o Professor Doutor Nuno Ferrand de Almeida (CIBIO) com a palestra “Climate change and the movement of hybrid zones”.

Programa:

09h30 – Sessão de Abertura

10h00 – 1.ª Palestra

11h00 – Entrega do Prémio Biodiversidade DELTA Cafés 2010

11h30 – 2.ª Palestra

12h30 – Discussão

13h00 – Sessão de Encerramento

Inscrição: Gratuita mas obrigatória, até 6 de Junho

Local: Anfiteatro do Colégio do Espírito Santo, sala 131

Contactos:

Telef: 266.760.881

Email: jrabaca@uevora.pt

publicado por barak às 19:41
link do post | comentar | favorito

Évora: Começa amanhã festa dos bonecos

A cidade de Évora recebe esta terça-feira a 12ª edição da Bienal Internacional de Marionetas de Évora (BIME). O já clássico festival, organizado pelo Cendrev – Centro Dramático de Évora, conta este ano com 21 companhias de 9 países e 67 espectáculos ao longo de seis dias, terminando o certame dia 5 de Junho.

 

“No fundo é o regresso da festa dos bonecos e desta animação tão especial e mística que se consegue na cidade Património Mundial por estes dias. De todo o cartaz, são perto de 40 os espectáculos realizados na rua, nas diferentes praças e pontos históricos de Évora, o que já por si é significativo da abertura e abrangência que a BIME tem”, disse José Russo, do Cendrev.

Das companhias presentes, destacam-se o Teatro Gioco Vita (Itália), Teatro de Marionetas La Estrella (Espanha), La Chana Teatro (Espanha), Sofie Krog Teatre (Dinamarca), Companhia Pequod (Brasil), Teatro del Drago (Itália), Bululu Teatro (Argentina), Tanxarina (Espanha), Alex Barti (Dinamarca), Altrego (Alemanha), Rod Burnet (Inglaterra), Daniel Rafel (França), Cendrev (Portugal), Projecto Educativo do Arquivo Fotográfico da Câmara Municipal de Évora (Portugal), Trulé Investigação de Formas Animadas (Portugal), Era Uma Vez Teatro de Marionetas (Portugal), Teatro de Marionetas do Porto (Portugal), Limite Zero Associação Cultural (Portugal), S.A. Marionetas (Portugal), A Barraca do Gregório (Portugal) e os Gigabombos do Imaginário (Portugal).

Esta última companhia inicia o programa do BIME, pelas 18h00, com partida do Jardim das Canas e desfile pelas ruas da cidade. A exposição “Mostra da Colecção da Família Monticelli” e Instalação “Alice” pelo Teatro de Marionetas do Porto, serão igualmente visitadas no espaço do Grupo Pró-Évora, pelas 18h30, estando o primeiro espectáculo agendado para a Sala Principal do Teatro Garcia de Resende, pelas 21h30, uma apresentação da Companhia Teatro Gioco Vita (Itália), com o espectáculo “Il Viaggi di Atalanta”. Pelas 23h00, os anfitriões da festa “Bonecos de Santo Aleixo” apresentam o “Auto da Criação do Mundo”, na Sala Estúdio do Teatro.

A BIME 2011, que segundo os organizadores vive em sucessivos sobressaltos provocados pelos “cortes dos financiamentos do Ministério da Cultura” e dos “atrasos do apoio da Câmara de Évora", terá como um dos pontos altos o espectáculo agendado para as 17h00 de dia 5 de Junho, no Teatro Garcia de Resende. Ao palco sobe a peça 'Frágil', da Companhia de Marionetas do Porto, o último espectáculo encenado por João Paulo Seara Cardoso, antigo director artístico e fundador do Teatro de Marionetas do Porto, falecido em Outubro de 2010. “É uma forma de homenagear um amigo que partiu cedo demais”, diz o Cendrev.

Seara Cardoso encenou todos os espetáculos apresentados pela companhia do Porto desde 1988, tendo as suas criações sido apresentadas por todo o mundo. Natural da Invicta, criou e dirigiu quatro séries de programas infantis para a RTP: “A Árvore dos Patafúrdios”, “Os Amigos do Gaspar”, “Mópi” e “No Tempo dos Afonsinhos” e publicou vários livros infantis.

publicado por barak às 19:39
link do post | comentar | favorito

Cooperação: Cerca de 30 empresários de Évora e de Mérida (Espanha) reúnem-se para fomentar parcerias

Évora, 30 mai (Lusa) -- A promoção de futuros negócios e parcerias na área da cooperação transfronteiriça é o objetivo de um encontro que vai juntar cerca de 30 empresários de Évora e de Mérida, terça-feira, naquela cidade da Extremadura espanhola.

Trata-se do II Encontro Empresarial Évora-Mérida, promovido pelos municípios português de Évora e espanhol de Mérida, com o apoio da euroregião (EUROACE), constituída pelas comissões de coordenação e desenvolvimento regional do Alentejo e do Centro e pela Junta da Extremadura.

O primeiro encontro já decorreu em Évora e este segundo está marcado para a capital da Extremadura, devendo juntar 16 empresários portugueses e 12 daquela cidade espanhola.

"Os empresários eborenses ficaram agradados com esta ideia de cooperação e troca de experiências e contactos e, agora, vamos voltar a reuni-los com empresários do outro lado da fronteira", afirmou hoje à Agência Lusa Manuel Melgão, vice-presidente do Município de Évora.

Segundo o autarca, é importante fomentar esta cooperação empresarial, que pode "potenciar investimentos" nos dois países e "abrir novas oportunidades de negócio".

"As fronteiras físicas desapareceram há muito e, se no âmbito cultural e do património temos alguns avanços na cooperação, na área empresarial nem tanto", disse.

Por isso, os empresários dos dois lados da fronteira devem "contactar e falar, para possibilitar a troca de experiências e até impulsionar parcerias", defendeu Manuel Melgão.

"A parceria transfronteiriça faz sentido a todos os níveis, mas a da área empresarial é das mais importantes porque os empresários devem estar cada vez mais atentos a oportunidades de negócio vindas da procura externa, não apenas do mercado interno", frisou.

O investimento da construtora aeronáutica brasileira Embraer em Évora, onde está a edificar duas fábricas, e os contactos que têm decorrido com empresas do Brasil têm "vindo a despertar os empresários" de Évora para "os novos mercados que podem aproveitar".

"O projeto da Embraer foi o 'pontapé de saída' para os empresários perceberem que Évora precisa de procurar novos mercados e, com Espanha aqui tão perto, só têm a ganhar", argumentou.

As potencialidades económicas de Évora e de Mérida vão ser apresentadas no encontro de terça-feira, que inclui visitas a empresas e à área de acolhimento empresarial local e sessões de esclarecimento sobre incentivos ao investimento.





RRL.

Lusa/Fim

publicado por barak às 19:36
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 27 de Maio de 2011

Évora Shopping começa a ser construído em Julho

A Imorendimento e a MadfordDevelopments, que através da joint-venture EVRET estão a promover o conjunto comercial Évora Shopping, irão dar início à construção da fase final deste projecto -a componente de centro comercial – em Julho, após a inauguração do retail park. Os projectos de arquitectura, urbanismo e arquitectura paisagista são assinados pela Broadway Malyan.

De acordo com a Imorendimento, o empreendimento ficará concluído na Primavera de 2013, com a abertura ao público do centro comercial, tendo envolvido um investimento global de 60 milhões de euros e representando um forte contributo para a dinamização do tecido económico, social e comercial da cidade de Évora.

O complexo comercial promovido pela EVRET localiza-se “numa das únicas áreas de influência do país ainda por explorar omaç\ao da oferta comercial para os hanitantes, que normalmente optam por se deslocar em longas distestacaís ainda por explorar em termos de oferta comercial integrada, qualificada e moderna”. Por isso mesmo, o projecto “tem despertado um enorme interesse quer entre as forças económicas e entidades públicas da cidade, quer entre os habitantes locais, que nele têm reconhecido a capacidade de estimular a economia local, com a dinamização do consumo e do emprego; uma oportunidade para a revitalização do comércio regional; bem como uma nova via de acesso a um retalho moderno e diversificado para consumidores que actualmente não dispõem deste tipo de oferta nas zonas mais próximas”.

Com as obras do retail park e respectivas infra-estruturas complementares concluídas, os promotores agendaram para o próximo mês de Julho a inauguração dessa componente, que integrará uma Área Bruta Locável (ABL) de aproximadamente 6.000 m2.

A ImorendimentoActiveServices, empresa do universo Imorendimento, e a consultora imobiliária global Cushman & Wakefield (C&W) são as entidades responsáveis pelo trabalho de comercialização do retail park. A C&W é também a empresa responsável pela gestão da construção do projecto.

Segundo a Imorendimento, após a abertura do retail park, serão iniciados os trabalhos de construção do centro comercial Évora Shopping, com uma duração prevista de 18 a 20 meses. “Esta componente, que se configura com a última fase de desenvolvimento do conjunto comercial de Évora, contempla uma ABL de 16.500 m2 e cerca de 60 lojas, que estarão distribuídas ao longo de dois pisos”.

Anthony Henry Lyons, diretor-geral da MadfordDevelopments justifica este sucesso pela localização do projecto: “Implantado numa das poucas áreas em Portugal onde existe uma lacuna de espaços comerciais modernos, o Évora Shopping vem responder a uma real necessidade de mercado e, apesar da conjuntura económica actual, estamos confiantes quanto à viabilidade e ao sucesso deste investimento imobiliário”.

Luís Mesquita, director comercial da ImorendimentoActiveServices, sublinha que “apesar de ainda não termos iniciado o período de comercialização, temos registado já uma animadora procura, quer por parte de operadores nacionais quer internacionais, o que traduz o elevado interesse que este projecto está a suscitar junto dos principais players do retalho”. A manifestação de intenções estende-se também aos actores locais que “nos têm contactado no sentido de fazer parte deste projecto, que irá dinamizar a economia, criando postos de trabalho e melhorando a oferta de retalho e de lazer em Évora” acrescenta.

Sandra Campos, partner e directora do departamento de retalho da Cushman & Wakefield, refere que “Temos seguido um calendário conservador e seguro no lançamento deste projecto. Foi realizado um trabalho de redefinição e optimização dos layouts, o que nos permite hoje dizer que temos um projecto com o posicionamento e dimensão adequados à área de influência de Évora. Não temos qualquer dúvida quanto ao sucesso deste projecto.

O projecto de arquitectura é da autoria da multinacional Broadway Malyan, “que desenvolveu um conceito moderno e atrativo, com a preocupação de integração harmoniosa na paisagem da região”. A BM desenhou um edifício para o Centro Comercial que se implanta “numa zona com significativa visibilidade desde o exterior e constitui por si uma oportunidade de se criar uma frente construída de maior interesse urbano, capaz de contribuir para o incremento da qualidade arquitectónica do construído naquela área”, sublinha a mesma fonte.

Segundo Margarida Caldeira, directora da Broadway Malyan “a elaboração do projecto teve em consideração esse papel de charneira do edifício, entre o tecido urbano próximo e o restante território envolvente, ainda por desenvolver. Assim, optou-se por dotar o edifício de um conceito arquitectónico que pudesse formar um elemento de transição entre estas duas realidades – criou-se um elemento marcante que atravessa o empreendimento, uma “muralha” ao longo de todo o Centro Comercial e que terá continuidade no Retail Park onde constituirá a fachada do edifício.” Entre os materiais privilegiados contam-se as madeiras, vidro, pedra e o recurso a elementos de sombreamento que se destacam no perfil do edifício.

Localizado na área industrial de Almeirim, o conjunto comercial Évora Shopping integra o retail park e o centro comercial, além de um stand alone operado pela marca IZI (4.000 m2) e que está já em funcionamento, tendo sido a primeira face visível deste projeto, que no total irá oferecer à cidade de Évora e concelhos adjacentes uma Área Bruta Locável de 26.500 m2.

publicado por barak às 21:23
link do post | comentar | favorito

O Évora Retail Park abre ou não abre??

 

Concluído há alguns meses e com abertura prevista para Maio, o Retail Park continua fechado e não são adiantadas datas para a sua abertura, por parte dos promotores...

 

Também o Évora Shopping tinha como data de inicio das obras o mês de Maio e até agora só lá está a placa... Irá acontecer o mesmo que com o Évora Fórum, cuja placa indicava abertura em 2005 e nunca saíu do papel?

 

 

publicado por barak às 20:08
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Se eu fosse presidente da...

. Évora: Pais e alunos cont...

. Paulo Macedo garante anal...

. Polémica: Autarca de Évo...

. M'ar de arAqueduto. Uma e...

. Requalificação do IP8 e I...

. Évora renegociou contrato...

. Alentejo tem novo canal d...

. Évora: Embraer amplia áre...

. FAM - PCP culpa PS por mu...

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Janeiro 2014

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds