Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

Évora: Bikévora na rua a partir de amanhã

A 3ª edição do Bikévora vai decorrer de 1 a 5 de Outubro mantendo todas as características que tornaram este evento desportivo no fim-de-semana mais "betetista" de Portugal. A grande novidade na edição deste ano é o Passeio das Muralhas. Uma prova competitiva de Cicloturismo num circuito fechado pelo centro da cidade.
Luís Gués-Gués do Grupo Desportivo Diana, refere que esta prova está limitada a 60 ciclistas, estando já inscritas diversas equipas do país.
O Bikévora 2010, volta a contar com o apoio dos diversos agentes desportivos do concelho que "trabalham com bicicletas", salienta o Presidente da Câmara de Évora.
O Bikévora irá terminar no Dia da República com o Passeio da Família, estando a ser ultimado todo o processo de inscrição, em que voltam a estar disponíveis kits que incluem bicicletas, entre outros equipamentos.

 

in Diana FM

publicado por barak às 13:46
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Setembro de 2010

Água: Deputado do PSD quer saber quando serão feitas obras na ETAR

Os esgotos de Nossa Senhora de Machede tem um tratamento deficiente. Quem o diz é o deputado do PSD Luís Capoulas. Preocupado com o facto destes esgotos serem descarregados no Rio Degebe que por sua vez abastece o Monte-Novo, o deputado quer saber quando vão ser feitas as obras.
Luís Capoulas dirigiu estas perguntas à Câmara de Évora e ao Ministério do Ambiente. Sem dizer se confia ou não na água que abastece a cidade, o deputado social democrata faz questão de referir que, ainda assim, não há qualquer motivo para alarme.

 

in Diana FM

publicado por barak às 13:09
link do post | comentar | favorito

Ensino superior: Estudantes de Évora dão vida à cidade apesar de muitos viverem em vãos de escada

Vindos dos mais diferentes pontos do país, milhares de estudantes da Universidade de Évora "dão vida" ao centro histórico. Este ano já chegaram mais 1200 novos alunos que irão contribuir para a economia local namopinião do presidente da Associação Académica da Universidade de Évora, Luís Rodrigues. Uma opinião que é partilhada pelo presidente da Câmara de Évora, José Ernesto Oliveira.
Mas nem tudo são rosas. É na habitação que por vezes se encontram as situações mais preocupantes. O presidente da Associação Académica da Universidade de Évora alerta para a situação que vivem vários alunos, ao depararem-se com habitações degradadas e sem condições.

 

in Diana Fm

publicado por barak às 13:07
link do post | comentar | favorito

Doentes com cancro encaminhados para Lisboa em vez de serem tratados em Évora

Há doentes oncológicos que não estão a ser tratados na Unidade de Radioterapia do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE). O hospital rejeita que esta situação ocorra por falta de médicos, responsabilizando antes a falta de informação por parte de médicos e da própria população que, segundo o director da unidade de radioterapia, desconhecem que há uma unidade para doentes oncológicos no Alentejo.

Resultado: muitos doentes do Alentejo continuam a deslocar-se a Lisboa para fazerem tratamentos, "o que é extremamente fatigante e desgastante", sublinha Sérgio Barroso, director do Serviço de Oncologia deste hospital. Uma situação que podia ser evitada se o tratamento fosse efectuado mais perto da área de residência.

O mesmo responsável nega, contudo, que tal acontece pela falta de médicos oncologistas neste hospital. "Neste momento, existem três médicos oncologistas residentes e mais três em formação, perfazendo um total de seis. É claro que precisamos de mais porque somos uma unidade que abrange todo o Alentejo", sustentou.

Com uma capacidade para tratar cerca de 250 utentes diariamente, o HESE está a tratar apenas 85. O director da unidade de radioterapia, Pedro Chinita, lamenta "a falta de informação dos profissionais de saúde sobre a existência da radioterapia na cidade de Évora", reiterando a vontade que este serviço tem de tratar mais doentes e apelando a que os doentes sejam reencaminhados para as unidades existentes no Alentejo.

A presidente do conselho de administração do Hospital do Espírito de Santo de Évora, Filomena Mendes, defende, por seu lado, que é urgente sensibilizar os médicos de família, centros de saúde e médicos hospitalares para esta questão. "Há quem continue a encaminhar os doentes para os grandes centros urbanos quando temos, aqui, uma unidade que prima pela qualidade e com tecnologia de ponta", assegura.

Sérgio Barroso afirma que o "desvio" dos doentes para outras localidades também pode ser justificada pelo facto "de as pessoas com tumores mais complicados, nomeadamente os tumores ligados à faringe, cerebrais e do pescoço, não poderem ser tratados nos hospitais da região, sendo encaminhadas para Lisboa, acabando por ser os médicos que as acompanham a indicarem-lhe outras instituições para realizarem terapias também na capital".

 

in Público

publicado por barak às 13:04
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010

Évora estreia novos produtos turísticos

A Câmara Municipal de Évora anunciou ontem o lançamento de dois novos produtos turísticos, a Rota das Igrejas e o Roteiro Medieval, como forma de promoção cultural e turística do centro histórico da cidade.
A estreia dos produtos está marcada para o fim-de-semana, no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Turismo, em que vão ser também entregues flores aos turistas, e das Jornadas Europeias do Património.
Resultante da organização conjunta do Gabinete de Arquitetura e Património da Arquidiocese, da Comissão Diocesana dos Bens Culturais e do município, a Rota das Igrejas de Évora procura, segundo a autarquia, "dar resposta à necessidade efetiva de valorização do vasto património religioso situado no centro histórico, regra geral inacessível ao público por circunstâncias diversas".
Desta rota fazem parte oito espaços religiosos, entre ermidas e igrejas paroquiais e conventuais (Santiago, Santa Marta, S. José Convento Novo, Nossa Senhora Do Ó, S. Mamede, Espírito Santo, Nossa Senhora da Cabeça e Senhor Jesus da Pobreza), sendo objectivo central "a promoção do património arquitectónico e artístico que nelas se conserva, muito dele de elevado valor histórico".
Além da abertura ao público dos oito espaços religiosos, a Rota das Igrejas de Évora pretende, ainda, criar um programa de visitas temáticas mensais conduzida por um especialista, tendo por base um ou mais espaços religiosos que compõem este percurso.
Quanto ao Roteiro Évora Medieval, foi produzido pelo Posto de Turismo Municipal e apoiado financeiramente por iniciativa privada, visando a "diversificação e a qualificação da oferta turística da cidade em torno do seu riquíssimo património medieval".
Os turistas passam a dispor gratuitamente um novo produto de promoção do centro histórico, vocacionado para uma "leitura" da paisagem urbana nos seus aspetos patrimoniais, históricos e artísticos, sem esquecer a oferta instalada ao nível da restauração, artesanato e comércio de produtos locais.
Este roteiro propõe um percurso pelo tecido urbano menos conhecido, numa distância de três quilómetros e com a duração mínima estimada em duas horas e meia.
As comemorações do Dia Mundial do Turismo em Évora começam hoje com a iniciativa "Praça Florida", em que a Praça do Giraldo, considerada a "sala de visitas" da cidade, e a Rua João de Deus ficam decoradas com vasos de flores, até dia 7 de Novembro.

publicado por barak às 14:25
link do post | comentar | favorito

Câmara de Évora admite cancelar Portugal Air Show de 2011

O cancelamento da edição de 2011 do Portugal Air Show, considerado o maior festival aeronáutico da Península Ibérica, é uma das medidas que a Câmara de Évora pode vir a introduzir no próximo orçamento municipal para reduzir as despesas.

 

«Se não aparecerem empresas privadas que possam patrocinar o evento e o mesmo continuar a realizar-se contando, sobretudo, com o orçamento da câmara, não pode prosseguir no próximo ano», disse hoje à Agência Lusa o presidente do município alentejano, José Ernesto Oliveira.

 

Promovida pela Câmara de Évora e organizada pela empresa Aeropress, a bienal aeronáutica Portugal Air Show, que se realiza há sete edições no aeródromo da cidade alentejana, integra a exibição de acrobacia e de aeronaves e reúne as principais empresas e entidades do setor.

 

Diário Digital / Lusa

 

 

 

publicado por barak às 14:23
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010

Para o ano não há Air Show | DianaFm, 23/9/2010‏

No âmbito da apresentação das linhas gerais de orientação para o plano e orçamento de 2011, o senhor presidente da Câmara anunciou, na reunião pública, um conjunto de medidas que terão como objectivo a redução da despesa e o aumento da receita exactamente no mesmo valor: 10 milhões de euros.

Entre diversas medidas, umas realistas outras nem por isso, foi anunciada a não realização do Portugal Air Show em 2011.

Como todos sabem trata-se de um festival aeronáutico bienal que ia para a sua oitava edição e que teve início na década de 90 do século passado, como um investimento do poder autárquico de então para valorizar as possibilidades de criação de um cluster da indústria aeronáutica no nosso concelho.

Tratava-se de uma iniciativa de relevância nacional, que foi considerada pelos organizadores como o maior festival aeronáutico da península.

Esta é uma má notícia que vem embrulhada nas medidas que visam reduzir a despesa nos ditos 10 milhões de euros.

Vamos aguardar a primeiro esboço do orçamento, para tentar perceber se é ou não possível optar por outros cortes, que não ponham em causa iniciativas de enorme relevância para a afirmação deste território e das suas potencialidades.

Reconhecendo que a situação financeira do município não andará longe do descalabro anunciado, com mais de trinta e sete milhões de euros de dívidas a fornecedores e mais de vinte seis milhões de euros de dívida à banca, há realizações, eventos e projectos que só no limite se poderão abandonar ou suspender.

Nas tais linhas gerais que a Câmara se propõe seguir para reduzir a despesa há uma que, confesso, me causa alguma perplexidade.

Trata-se, nas palavras do senhor Presidente, de “fazer uma avaliação das rendas dos edifícios pagas” (assim mesmo).

Mas então a avaliação não está feita? Não sabe quanto custa o arrendamento dos diversos edifícios ocupados pelo município?

Quando tomou a decisão de fazer sair do Centro Histórico um elevado número de serviços para o parque industrial, contribuindo para a diminuição da actividade comercial e para a desertificação de um espaço que precisava de sinais contrários, não somou os valores a pagar pelos arrendamentos?

A menos que esteja em perspectiva a instalação dos serviços, em imóveis propriedade do município ou a renegociação dos contratos de arrendamento, não vislumbro em que é a constatação de um facto faz diminuir a despesa.

Mas por outro lado é o reconhecimento implícito que a decisão de transferir parte do centro administrativo da cidade para o parque industrial, foi uma medida ruinosa também do ponto de vista financeiro.

Pelo que se anuncia, o próximo ano vai ser terrível para o concelho. Aquela sensação de que estamos parados no tempo e de que nada acontece, vai acentuar-se.

E até os agentes culturais, desportivos e sociais que, substituindo o Estado, vão intervindo nas suas áreas, fazendo acontecer milagres um pouco por todo o lado, verão aumentadas as suas dificuldades, realizando menos e tornando mais árida a nossa vida.

Mas há-de passar.

 

Até para a semana

 

Eduardo Luciano 

publicado por barak às 14:35
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Se eu fosse presidente da...

. Évora: Pais e alunos cont...

. Paulo Macedo garante anal...

. Polémica: Autarca de Évo...

. M'ar de arAqueduto. Uma e...

. Requalificação do IP8 e I...

. Évora renegociou contrato...

. Alentejo tem novo canal d...

. Évora: Embraer amplia áre...

. FAM - PCP culpa PS por mu...

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Janeiro 2014

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds