Terça-feira, 29 de Junho de 2010

Bastonário nega dinheiro a advogados de Évora

 

Cidadãos da comarca alentejana em risco  de não terem advogados para defesa em interrogatório judicial

A defesa dos arguidos da comarca de Évora está em risco, já que o Conselho Distrital de Évora (CDE) não tem dinheiro sequer para enviar as notificações para as oficiosas - advogados pagos pelo Estado - via CTT.

Em causa está o colapso financeiro em que o CDE mergulhou esta semana e que foi anunciado pelo seu presidente, Carlos Almeida, quando avisou o bastonário Marinho e Pinto, no dia 17 deste mês. Resultado: todos os arguidos sem condições para pagar a um advogado poderão ver este direito negado por falta de orçamento. A ruptura financeira levou Carlos Almeida a pedir uma reunião ao líder dos advogados, mas não conseguiu resolvê-la.

E, segundo explicou ao DN o advogado, tal levou-o a enviar uma carta ao bastonário, na última quarta-feira, relembrando-o de que à situação pela qual o CDE está a passar, Marinho e Pinto apenas lhe respondeu: "O dinheiro do Conselho Geral da Ordem dos Advogados é meu" e ainda "não vêm para aqui extorquir o meu dinheiro".

Carlos Almeida admitiu que o CDE "deve correio, rendas, serviços de limpeza, salários, deslocações de membros das comissões e outras despesas". Mas, num esclarecimento publicado ontem no site da OA, Carlos Almeida pormenoriza: "O senhor bastonário e o Conselho Geral, no corrente ano, têm-se limitado a enviar mensalmente o duodécimo, deduzido de impostos, do valor das quotas pagas pelos advogados inscritos na área do CDE." Acrescentando: "Já me cortaram o crédito nos CTT, o que nos impediu de enviar o correio por via postal, a que estamos obrigados devido ao apoio judiciário", disse o advogado.

Na carta ao bastonário, a que tivemos acesso, Carlos Almeida acusa-o de ser "autocrata". "É sabido que este bastonário se tem comportado como se fosse, efectivamente, dono da Ordem." "Mas o dinheiro não é do senhor bastonário, mas sim dos advogados", concluiu.

O DN contactou Marinho e Pinto para comentar a questão, mas este não se mostrou disponível para o fazer. Em Novembro de 2009, na altura da discussão do orçamento em Assembleia Geral, o bastonário alertou que a instituição só seria financeiramente viável se restabelecesse "o equilíbrio entre receitas e despesas, designadamente com despesas com pessoal". A proposta de orçamento previa como receitas totais 13,4 milhões de euros e para despesas correntes um valor próximo dos 14,3 milhões de euros.

publicado por barak às 05:17
link do post | comentar | favorito

Calor lança alerta amarelo

Os distritos de Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja encontram-se sobre alerta amarelo devido às elevadas temperaturas.

 

O Instituto de Meteorologia explica que o calor se deve manter “nos próximos dias, em especial no interior de Portugal”. Além disso, os níveis de radiação ultravioleta também se encontram elevados.

A Direcção-Geral da Saúde alerta a população e as entidades responsáveis para a necessidade de se tomarem cuidados especiais, particularmente em relação às pessoas mais vulneráreis ao calor, como é o caso das crianças, dos idosos e das pessoas portadoras de patologias crónicas, recomendando a adopção de medidas que passam por beber mais águas e sumos, procurar ambientes frescos nas horas de maior calor, evitar esforços físicos e a exposição ao sol entre as 11 e as 17h00.

“As pessoas que sofram de doença crónica ou estejam a fazer uma dieta com pouco sal ou com restrição de líquidos devem aconselhar-se e seguir as recomendações específicas do seu médico”, aconselha ainda a Direcção-Geral de Saúde.

publicado por barak às 05:15
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

Digam que está mal informado

06 Outubro 2009
«O Presidente da Câmara Municipal de Évora congratulou-se com a concretização desta parceria [público/privada com o grupo Casais], que irá desta forma “possibilitar o início imediato da requalificação de um espaço cultural de excelência”. “Por outro lado, estou em crer que na próxima época desportiva o Clube de Rugby de Évora já terá condições para poder disputar as suas partida ‘em casa’, já que é nosso objectivo ter o Complexo Desportivo Municipal com prioridade para esta modalidade e pronto no prazo de um ano”.
DianaFM citando declarações de José Ernesto Oliveira

24 Junho 2010
«Assim que houver 15 milhões de euros para financiar as obras elas começam.»
José Ernesto Oliveira, ao Registo

É claro que, há nove meses, a uma semana das eleições, o senhor doutor José Ernesto NÃO MENTIU, estava era MAL INFORMADO. Ninguém lhe disse que eram precisos 15 milhões de euros para financiar as obras. E como é inexperiente (SÓ está no executivo da CME há 13 anos, desde 1997!), pensou que se faziam obras sem dinheiro.

Portanto, meus amigos, ficam proibidos de dizer que “o senhor... mente". Digam que está mal informado!...

 

in "Mais Évora"

publicado por barak às 21:41
link do post | comentar | favorito

Alentejo com menos 30 escolas primárias no próximo ano lectivo

Cerca de 30 escolas do primeiro ciclo do Alentejo já não deverão reabrir portas no próximo ano letivo, na sequência da anunciada intenção governamental de encerrar estabelecimento de ensino, revelou hoje o diretor regional de Educação do Alentejo.

“Cerca de três dezenas de escolas estão sinalizadas” para encerrar, afirmou José Verdasca, explicando que este número “ainda não está fechado”, uma vez que “há casos que estão ainda em análise”.

O responsável falava aos jornalistas depois de reunir com pais, encarregados de educação e autarcas de vários concelhos do distrito de Évora, que hoje realizaram uma vigília junto à Direção Regional de Educação do Alentejo (DREA), em Évora.

De acordo com José Verdasca, o encerramento de escolas do primeiro ciclo do ensino básico no Alentejo “foi sempre equacionada em estabelecimentos com menos de 11 alunos e em situações que são objeto de análise, contextualização e reunião com os presidentes dos municípios”.

“Numa primeira fase sinalizámos todas as escolas com menos de 11 alunos, em termos de primeiro ciclo”, ao que se seguiram outras escolas, com mais de 11 alunos, “por sensibilidade e abertura dos municípios”, disse.

O responsável da DREA explicou que esta decisão resultou da “especificidade territorial do Alentejo, uma região com 30 mil quilómetros quadrados e 20 habitantes por quilómetro quadrado”.

A vigília de hoje, iniciativa promovida pelas associações de pais de Santana do Campo e Sabugueiro (Arraiolos), juntou cerca de uma centena de pais, encarregados de educação e autarcas dos concelhos de Évora, Arraiolos, Montemor-o-Novo, Portel, Mora e Vendas Novas.

A ação, que teve como objetivo protestar contra o anunciado encerramento de escolas por parte do Ministério da Educação, contou com a presença do presidente da Câmara de Arraiolos, o comunista Jerónimo Lóios, que se mostrou contra a intenção do Governo.

“As crianças não são números e devem ser o último caso em que se devem estabelecer tetos”, considerou, defendendo que “os alunos destas escolas não estão isolados do resto do mundo, têm todas as condições, como computadores, acesso à Internet e atividades extracurriculares”.

Lembrando a resolução do Conselho de Ministros, do início do mês, para o encerramento das escolas públicas do primeiro ciclo do ensino básico com menos de 21 alunos, o autarca alentejano destacou ainda “a evolução” anunciada pela DREA de sinalizar apenas as escolas com menos de 11 alunos.

“Registamos como positiva, mas preocupa-nos que essa garantia não possa ser dada para os próximos anos letivos”, afirmou.

publicado por barak às 21:32
link do post | comentar | favorito

Casa do Vale Hotel em Évora


Évora conta com uma nova unidade hoteleira. A Casa do Vale Hotel conta com doze quartos duplos, dos quais um se destina a deficientes motores, dois quartos individuais, um quarto duplo superior e duas suites.
O novo três estrelas, conta ainda com um restaurante com 80 lugares, esplanada, piscina exterior de adultos e de crianças e campo de ténis e futebol.
A nova unidade dispõe ainda de uma sala polivalente com 150m2, com esplanada para reuniões e outros eventos.
publicado por barak às 21:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Fuga de gás obriga a evacuar 80 crianças de jardim-de-infância em Évora

As cerca de 80 crianças que frequentam o jardim de infância Penedo d’Ouro, em Évora, foram evacuadas, esta terça-feira, na sequência de uma fuga de gás. O problema foi detectado ao início da tarde, no exterior do edifício. Não houve feridos.

O responsável pelo Serviço Municipal da Protecção Civil de Évora explicou, segundo a Correio da Manhã, que a causa da fuga foi o «embate de uma viatura no tubo ramal de abastecimento de gás natural ao jardim-de-infância».

publicado por barak às 21:26
link do post | comentar | favorito

TREVO é a nova empresa de Transportes de Évora

Trevo é o nome da nova empresa de Transportes Rodoviários Urbanos que irá operar na cidade de Évora a partir do próximo mês de Julho. Seleccionada pela Câmara Municipal, após concurso público internacional, esta empresa será responsável pelo serviço rodoviário urbano nos próximos dez anos, prenvendo atingir cerca de 13 milhões de passageiros.
Em declarações à DianaFm, o administrador da Trevo, Pedro Deus referiu que a frota é composta por 24 novos autocarros, dotados da mais alta e inovadora tecnologia e
utiliza motores que respeitam a norma Euro 5 que cumpre a redução de emissão de gases poluentes bem como a diminuição do consumo de combustível.
A rede é constituída por dez linhas que estabelecem ligação entre as zonas norte (Canaviais, Bacelo, Louredo) e a sul (Horta das Figueiras, PITE, Almeirim) da Cidade de Évora. O serviço permite ainda a conexão entre os hospitais da cidade e as principais escolas do concelho.

publicado por barak às 21:25
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Se eu fosse presidente da...

. Évora: Pais e alunos cont...

. Paulo Macedo garante anal...

. Polémica: Autarca de Évo...

. M'ar de arAqueduto. Uma e...

. Requalificação do IP8 e I...

. Évora renegociou contrato...

. Alentejo tem novo canal d...

. Évora: Embraer amplia áre...

. FAM - PCP culpa PS por mu...

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Janeiro 2014

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds